Dia da Transfiguração de Cristo

Manifestação antecipada da glória do Senhor e profecia de seu êxodo para o Pai, a celebração deste dia traz a dimensão pascal e escatológica da liturgia e de toda a vida cristã.  A palavra do Pai preanuncia a adoção filial dos que, escutando e seguindo o Filho predileto, se tornam seus irmãos (Lc8, 21) e partícipes da transfiguração eterna.  A festa de 6 de agosto, originariamente celebrada no Oriente, foi estendida a toda a Igreja por Calisto II (6 de agosto) como lembrança da libertação de Belgrado (1456).

[Fonte: MISSAL ROMANO (PAULUS 2007), p. 628]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *