AMAI A ÁFRICA
 
Amai a África
Pelas cruentas cicatrizes da escravidão,
pelos gritos de dor
que se elevam do mais profundo de seu ser.
 
Amai a África,
que em tempos passados foi cristã;
amai-a pelos seus grandes homens,
pelos seus santos
 
Amai- a
Pelo muito que sofrereis,
amai-a com todas as suas raças,
que um dia se fundirão em um só povo.
 
Amai- a
Com suas lembranças, suas lendas,
com suas tradições de respeito e de fé,
com a resignação estoica
que a mantém imobilizada.
 
Os Patriarcas amaram até as pedras do Sião,
para eles símbolos de tantas esperanças.
Seguindo seu exemplo,
tudo tenho amado na África:
seu passado, seu porvir,
suas montanhas, seu sol e seu céu.
 
Cardeal Charles Lavigerie