ESPIRITUALIDADE MARIANA


Desde suas origens, nossa Sociedade se colocou sob a proteção de Maria Imaculada, Rainha da África. A Virgem Maria é o modelo perfeito de uma vida espiritual apostólica. Levando uma existência semelhante à de todos, mas intimamente unida a seu Filho Jesus Cristo, ela cooperou para a salvação de todos os homens de modo absolutamente único. A ela nós confiamos nossa vida e nosso apostolado.

A nossa padroeira: Nossa Senhora da África

Temos uma devoção tradicional a Nossa Senhora.  A nossa padroeira é Nossa Senhora da África cuja basílica se encontra em Argel, Argélia, onde a congregação foi fundada. A imagem de N. Sra. da África se encontra na basílica de Argel, Argélia.  Uma imagem está em cima da basílica e uma outra está dentro da basílica com a mesma mensagem e espiritualidade que inspira os missionários da África:

  1. presença num mundo que ainda não acolhe o evangelho de Jesus, encarnação neste mundo que Deus amou tanto que deu o filho único dele.
  2. a imagem se apresenta com uma luz que brilha nas trevas. faz sol, faz chuva, a imagem está sempre iluminada da presença de Jesus. As cores branca e azul resplandecem sempre mais com o sol ou com a lua.
  3. braços abertos: presença que acolhe a todos sem destincão, sem discriminação 
  4. braços abertos abaixados: presença sem armas, sem violência, sem defesa, presença vulnerável que oferece somente o que temos de mais precioso: o amor de Deus que nos impele. é uma presença cheia de amor.
  5. um olhar para baixo: um olhar para as pessoas que passam, olhar de amor, ela intercede para que eles sejam sempre abençoados.
  6. a imagem lança um olhar penetrante para o horizonte, isto é, o deserto do Saara e além: é um projeto de evangelização de todo o continente africano.  N. Sra. da África é um projeto missionário de evangelização dos povos que ainda não receberam o evangelho de Jesus Cristo.

Elementos da espiritualidade mariana:

  1. cheia da presença de Deus: “Ave, cheia de graça, o Senhor e contigo” (Lucas1, 28)
  2. sensibilidade a presença de Deus: “Perturbou-se ela con estas palavras e pôs-se a pensar no que significaria semelhante saudação” (Lucas1, 29)
  3. dialogo com Deus (oração): “Maria perguntou ao anjo: como se fará isso, pois não conheço homem?” (Lucas1, 34)
  4. descobrir o projeto de Deus: “O Espirito Santo descera sobre ti, e a forca do Altíssimo te envolvera com a sua sombra. Por isso o ente santo que nascer de ti sera chamado Filho de Deus” (Lucas1, 35)
  5. entrega – disponibilidade: “Então disse Maria: eis a serva do Senhor.  Faca-se em mim segundo a tua palavra” (Lucas1, 38)
  6. visita as pessoas: ” Maria se levantou e foi as pressas as montanhas, a uma cidade de Judá. Entrou em casa de Zacarias e saudou Isabel” (Lucas1, 39-40)
  7. Maria transmite a presença de Deus e alegria: “Ora, apenas Isabel ouviu a saudação de Maria, a criança estremeceu no seu seio; e Isabel ficou cheia do Espirito Santo” (Lucas1, 41)
  8.  engrandecer, exultar de alegria: “Maria disse: minha alma glorifica ao Senhor, meu espírito exulta de alegria em Deus, meu Salvador.” (Lucas1, 46-47)
  9. uma serva humilde: “olhou para sua pobre serva” (Lucas1, 48)
  10. simplicidade no cuidado e carinho: “deu a luz seu filho primogênito, e, envolvendo-o em faixas, reclinou-o num presépio” (Lucas2, 7)
  11. conservar e meditar as coisas de Deus no seu coração: “Maria conservava todas estas palavras, meditando-as no seu coração” (Lucas2, 19) “sua mãe guardava todas as coisas no seu coração” (Lucas2, 51)
  12. fidelidade a lei do Senhor: “completados que foram os oito dias para ser circuncidado o menino, foi-lhe posto o nome de Jesus… concluídos os dias da sua purificação segundo a Lei de Moises, levaram-no a Jerusalem para o apresentar ao Senhor conforme o que esta escrito na lei do Senhor” (Lucas 2, 21-24). “Seus pais iam todos os anos a Jerusalem para a festa da Páscoa.  Tendo ele atingido doze anos, subiram a Jerusalem, segundo o costume da festa.” (Lucas2, 41-42)
  13. admirar-se das coisas de Deus: “seu pai e sua mãe estavam admirados das coisas que dele se diziam” (Lucas 2, 33)
  14. com Maria, se cresce e se fortifica: “o menino ia crescendo e se fortificava: estava cheio de sabedoria, e a graça de Deus repousava nele” (Lucas2, 40) “e Jesus crescia em estatura, em sabedoria e graça, diante de Deus e dos homens” (Lucas2, 52)
  15. ir a procura de Jesus com ansiedade: “sua mãe disse-lhe: Meu filho, que nos fizeste? eis que teu pai e eu andávamos a tua procura, cheios de aflição” (Lucas2, 48) “Tua mãe e teus irmãos estão la fora e desejam ver-te” (Lucas8, 20)

Orações

Nossa Senhora da África,
vós que no dia da anunciação,
respondesteis ao chamado de Deus.
 
Vós que estivesteis diante de Jesus
no silêncio de Nazaré,
nas alegrias de Caná,
e ao pé da cruz.
 
Vós que ao longo de toda a vida,
nos bons e maus dias, confiasteis no Pai com o Cristo,
e por Ele, nós vos pedimos pela Igreja da África e por todos os africanos
aos quais nós somos enviados, nós vos pedimos pelos mulçumanos
de todos os países, que reconhecem em vós um sinal para o mundo.
 
Concedei-nos ser entre eles testemunhas
do Evangelho, cumprindo como vós a
vontade de Deus, com fidelidade, humanidade e coragem.
Ajudai-nos a fazer de todos os acontecimentos um advento.
 
Amém
Virgem dócil da anunciação, rogai por nós.
Que a África inteira conheça seu Salvador,
que cada tribo, cada povo o procure e
bendiga: que o mais isolado dos homens
saiba enfim que Deus, para ele também,
é Pai que nenhuma civilização é capaz de barrar.
 
Virgem serviçal da visitação, rogai por nós.
Fazei-nos compreender a mensagem do vosso
Filho e que ela exista no coração de todos os
homens, que ela seja a atividade constante
de cada um, na sombra das mesquitas, na
cabana dos ancestrais, nos campos e nas
florestas, como no coração dos desertos.
 
Obtenha os apóstolos que nos precisamos ser para
proclamar Jesus Cristo, preparando-nos para a doação.
Virgem maravilhada com a visita dos magos, sustentai-nos
para que todo homem, de onde quer que venha, seja para
nós não um estrangeiro, mas um irmão.
Que nós sejamos aqueles que lançam as pontes para passar
a dolorosa humanidade, carente de paz, de amor e de unidade e que toda entre na casa do Pai.
 
Virgem providente nas boda de Caná, obtenha-nos
fazer aquilo que falta onde nós estamos, sem querer
fazer tudo. Obtenha-nos ser bastante humildes em nossa
vontade de servir para que os outros pensem
com autonomia e organizem-se por si mesmos, em comunidades
de homens erguidos, livres e responsáveis.
 
Virgem que guardava tudo em seu coração, mostrai-nos
como acolher a luz que penetra e guia para o vosso Filho
através dos acontecimentos dos homens, para descobrirmos
o lugar onde Deus nos quer e a missão que Ele nos confia
para completar toda sua criação.
 
Virgem dolorosa no caminho do Calvário, protegei-nos
da incerteza e do desânimo que proclamando
a Boa Nova do vosso Filho, nós não deformemos
jamais sua imagem.
 
Que Ele não seja por nossa boca um Deus distante e indiferente,
mas amigo, companheiro de caminhada, confidente:
Deus transcendente, origem da vida, mas também, Deus presente, agindo e
animando.
 
Amém
Virgem Maria, mãe de Jesus,
nos viemos ver-te.
Tu és a amada de Deus, nosso Pai,
e repleta do Espírito Santo.
Mãe fecunda.
 
Tu estás próxima daqueles que sofrem e
daqueles que cantam.
 
Contigo ó bem-aventurada, nós glorificamos o
todo poderoso, que fez grandes coisas em favor
dos homens.
 
Virgem Imaculada, rogue por nós, pobres pecadores.
Lembra-te também daqueles que teu Filho chama para
o serviço da Igreja, e dos povos africanos.
 
Que eles sejam unidos como irmãos e verdadeiras testemunhas
do Evangelho.
 
Aceita ó Nossa Senhora da África, aprece e o trabalho de nossa
sociedade missionária e de todos os seus membros.
 
Que pela tua intercessão, Jesus seja glorificado e nosso Pai adorado
em espírito e verdade, pelos séculos dos séculos.
 
Amém

Nossa Senhora da África, tu que estás presente nas antigas religiões africanas que celebram a vida e exaltam as mães; tu que és venerada pelos povos muçulmanos, porque és a mãe de Cristo e com Ele tu és um sinal para o mundo;
Tu que és louvada pela antiga cristandade e pelos jovens Igrejas da África, onde teu Filho é reconhecido como Verbo de Deus entregue aos homens para que eles vivam sua Páscoa; nós te louvamos e invocamos.
Te bendizemos com todos os homens e mulheres da África, sem distinção de língua, de raça ou de cor.
Que eles descubram as maravilhas que Deus te vez e se unam em coro ao teu hino de louvor e gratidão. Que todos saibam contigo, inclinar-se e prostrar-se, afim de que suas orações sejam para acolher amorosamente o Verbo de Deus e sua missão filial em misteriosa vocação.
Que todos partilhem a vida, dialogando e procurando verdadeiramente possam reviver tua fé, tua esperança e teu amor, sob à ação multiforme dos dons do Espírito Santo.

Amém

Nossa Senhora da África,
mãe da vida e mãe de todos,
teu coração animado sob a cruz
de um amor sem fronteiras, não
pode ser apagado nem encoberto,
iluminando os africanos ainda em caso
de se afastarem do conhecimento de teu Filho.
 
Eles são criados à sua imagem e reconciliados
por seu sangue, e tu vês que eles não gozam
bastante da sua obra de salvação, nem do
tesouro de seu amor. Porém, como mulçumanos,
eles honram desde já Jesus como Profeta; e a fé
dos antepassados deles, tem sinais do criador…
Reze pois, conosco Rainha dos apóstolos e mãe
da África, afim de que o dono da messe, envie
os missionários iniciadores que tragam a Boa Nova
de vida e de luz à seu país de adoção, para que
o Reino de Deus se estenda em toda parte, para
que o Pai de todos aí seja proclamado em toda
língua e em toda tribo, para que o imenso continente
tenha seu lugar dentro da Igreja universal
e seja uma pérola em tua coroa, que tu apresentas a teu Filho,
Jesus Cristo, que reina com o Pai e o Espírito Santo, pelos séculos dos séculos.
 
Amém

Nossa Senhora da África, tu que és mãe de todos os homens, lembra-te especialmente dos africanos.
Traga de volta à unidade todos aqueles que seguem o Cristo; reunindo-os todos na Igreja fundada por teu filho.
Que todos aqueles que não reconhecem Jesus como Filho do Pai sejam atraídos por sua luz.
Que todos aqueles que são atraídos por Ele proclamem sua Boa Nova por toda sua vida.
Tu que estavas com os apóstolos no início da Igreja, sustentai agora e sempre o ardor dos apóstolos de hoje.
Que eles anunciem a Palavra com segurança.
Tu que estavas disponível ao Espírito Santo para acolher Jesus em ti e dá-lo ao mundo, obtenha para muitos jovens essa mesma disponibilidade. Nossa Senhora da África, Rainha da Paz, obtenha a Paz para todos os países divididos pelo preconceito, o rancor e o racismo.
Que o mandamento de amor de teu Filho ganhe os corações e os una, para que todos cantem a glória do Pai, do Filho e do Espírito Santo.
Amém

Nossa Senhora da África, que sois mãe de todos os homens, lembrai-vos especialmente dos africanos. Trazei de volta à unidade a todos aqueles que seguem o Cristo, para que sejam um só corpo e uma só alma na Igreja fundada por vosso Filho. Que aqueles que não reconhecem Jesus como Filho do Pai, possam, um dia, ser iluminados pela luz da sua mensagem. Que todos aqueles que se colocaram a serviço de Jesus Cristo proclamem a Boa Nova por uma vida exemplar. Mãe nossa, que estivestes junto aos apóstolos no início da Igreja continuai a manter o ardor nos corações dos apóstolos de hoje. Que anunciem a Palavra com fidelidade e perseverança. Vós que estivestes disponível ao Espírito Santo para acolher Jesus em Vós e trazê-lo ao mundo obtende para muitos jovens esta mesma disponibilidade. Nossa Senhora da África, Rainha da Paz, trazei a paz para todos os países e povos feridos pelo ódio, rancores e racismo. Que o amor de vosso Filho conquiste os corações, para que, junto com os nossos irmãos africanos, possamos alcançar a glória eterna, em que vivem o Pai, o Filho e o Espírito Santo. Amém.

Rainha dos apóstolos:
O Senhor é contigo.
 
Rainha dos apóstolos:
teu amor de mãe não conhece
fronteiras e nem diferenças raciais.
 
Rainha dos apóstolos:
fazei-nos crescer bastante para
irmos servir nossos irmãos, como tu,
com a alegria da proteção de Deus.
 
Rainha dos apóstolos:
guardai as Igrejas da África
que elas não alimentem mais
o racismo, mas que permaneçam fiéis ao Evangelho.
 
Rainha dos apóstolos:
tu és o perfeito exemplo de
libertação e de liberdade cristã para o mundo.
 
Rainha dos apóstolos:
fazei-nos meditar sempre em
nossos corações a Palavra da
Vida, para podermos ser fiéis à missão.
 
Rainha dos apóstolos:
nós rendemos graças a Deus
pelas maravilhas que realizou em ti.
 
Rainha dos apóstolos o Senhor é contigo.
 
Amém
Maria, rainha da África,
tu que és toda consagrada a Jesus,
única fonte de salvação, sustentai
os missionários para viverem de Cristo,
sob a proteção do Pai na unidade do Espírito.
 
Tu que em Caná te preocupastes com os outros,
ajudai-nos a conscientizar-nos da misérias humanas,
socorrendo os homens totalmente
desprovidos, à imagem do teu Filho
que veio para servir.
 
Tu que meditavas em teu coração
as maravilhas divinas, ajudai-nos a
compreender a Boa Nova, e a sermos
testemunhas diante de todas as nações,
como teu Filho nos mandou fazer.
 
Tu que consolidastes a fé do teu povo,
tornando-te a mãe desse outro povo que
é a Igreja, ajudai-nos a inculturar-nos nas
comunidades que nos acolhem, e a sermos
os artífices da unidade entre os homens, na
comunhão do teu Filho nosso Senhor Jesus.
 
Amém

Nós te saudamos, Maria, cheia de graça o Senhor é contigo; tu és bendita entre as mulheres, santa mãe de Jesus. Mãe de Deus, nós te chamamos também nossa mãe e te invocamos como rainha do mundo. Neste mundo onde tu és rainha, Virgem Santa, nós missionários da África, te suplicamos especialmente pelo continente ao qual nós temos dado nossa vida. Possamos por tua intercessão, ter uma alma suficientemente clara e um coração repleto de amor, para que através de nós os africanos, nossos irmãos compreendam a mensagem do teu Filho. Possamos por tua intercessão ser de verdade, testemunhas da Boa Nova e continuar dóceis ao Espírito Santo. Guardai-nos confiantes na ação misteriosa e secreta do Espírito em nossas almas, bem puros, para que jamais o contrariemos, bem humildes, para não nos atribuirmos o sucesso. Que a África inteira possa te dar o nome sob o qual nós te invocamos, e que todos juntos te digamos: Nossa Senhora da África, lembra-te de nós. Amém

Mãe da África negra,
Virgem da esperança, Mãe dos pobres,
Senhora de milhões de refugiados,
escuta-nos!
 
Mãe dos povos oprimidos
caminha conosco pelas
estradas da vida.
 
Queremos caminhar na esperança!
Mãe dos negros, há muita miséria entre nós.
Que os povos da África
se encaminhem para o progresso,
pelos caminhos da paz, na justiça.
 
Falta o pão material em muitas casas.
Falta o pão da verdade em muitas mentes.
Falta o pão do amor em muitos homens e mulheres.
Falta o pão do Senhor em muitas aldeias.
 
Nossa Senhora da África
ilumina nossa esperança,
alivia nossa pobreza,
caminha conosco para o Pai,
 
Assim seja!

Nossa Senhora da África, teu coração maternal e imaculado é um refúgio para todos os homens. Guardai com bem-aventurança os muçulmanos que te veneram como a mãe de Jesus e mulher benditaentre todas as mulheres. Obtenha-lhes a graça de procurar com insaciável desejo a plenitude da luz e da verdade. Que nós possamos um dia, participar todos juntos, do único povo de Deus, da alegre relação do seu amor infinito por cada homem, que se manifestou no sacrifício de teu Filho, Jesus Cristo. Tu és a mãe e o modelo da Igreja, guardai as Igrejas particulares e locais da África, fiéis a sua missão de autênticas mensageiras do Evangelho. Que elas proclamem em todas as circunstâncias, com uma comunhão perfeita entre elas e com a Igreja universal reunida em torno de Pedro. Para elas e para a Sociedade dos Missionários da África, obtenha operários mais e mais generosos. Dai-nos ser atentos para descobrir as novas e urgentes exigências do apostolado e coragem para corresponder. Ajudai-nos cada dia, ó Nossa Senhora Rainha da África, a sermos para todos as verdadeiras testemunhas da vitalidade missionária da Igreja. Que nós sejamos dignos da nossa vocação. O nome santíssimo de Deus, Pai, Filho e Espírito Santo, que te glorificastes em tua vida, ó Maria, seja glorificado para sempre, também, em nossa. Amém

Virgem Santissima, mãe de Cristo
e mãe da Igreja, tu és com humildade
e dignidade a serva do Senhor, dai-nos a total
disponibilidade que é necessária para o serviço
de Deus, e a salvação do mundo.
 
Abri nossos corações às imensas perspectivas
do Reino de Deus e ao anúncio do Evangelho
a toda criatura.
 
Virgem corajosa, inspirai-nos a força de animo e
da confiança em Deus, que nós possamos superar s obstáculos que
enfrentarmos no cumprimento de nossa missão.
 
Ensinai-nos a tratar as realidades do mundo, com
a autenticidade de nossa responsabilidade cristã
e na alegre esperança da vinda do Reino de Deus,
de um novo céu e uma nova terra.
 
Tu que com os apóstolos em oração te achas no
Cenáculo, na expectativa da vinda do Espírito em
Pentecostes, rogai para que Ele venha de novo sobre
todos os fiéis leigos, homens e mulheres, para que eles
respondam plenamente à sua vocação e à sua missão,
como ramos da Videira Verdadeira chamados a produzir
muitos frutos para a vida do mundo.
 
 
Amém
Nossa Senhora da África,
vosso coração é pleno de misericórdia e de compaixão maternal,
acolha as preces dos muçulmanos e de todos os outros africanos
que ainda não participam da única e verdadeira Igreja de Cristo.
 
Fazei-os compreender que foram criados à imagem e semelhança
do vosso Divino Filho, e que são salvos por seu precisoso sangue.
Não permita ó mãe de misericórdia, que eles continuem a ignorar
seu Divino Redentor e a morte cruel que Ele sofreu para sua salvação.
 
Obtenha-lhe o conhecimento de nossa santa religião, a graça de amar,
abraçar e praticar fielmente. E, jás que sois, a Senhora e Soberana da
África, dignai-vos providenciar e enviar aos africanos uma multidão de
verdadeiros apóstolos para prepará-los a participar da Igreja.
 
Nós seremos todos, assim, reunidos pela mesma fé,
pela mesma esperança e pelo mesmo amor do coração adorável
do vosso Divino Filho, Nosso Senhor Jesus Cristo, crucificado e
morto para a salvação de todos os homens e que ressuscitado na glória
reina na unidade do Pai e do Espírito Santo
pelos séculos dos séculos.
 
Amém

“Sancta Maria, succurre miseris, iuva pusillanimes, refove flebiles, ora pro populo, interveni pro clero, intercede pro devoto femineo sexu: sentiant omnes tuum iuvamen, quicumque celebrant tuam sanctam commemorationem. Amen.”

“Santa Maria, socorrei os pobres, ajudai os fracos, consolai os tristes, rogai pelo povo, auxiliai o clero, intercedei por todas as mulheres: sintam todos a vossa ajuda, todos os que celebram a vossa memória”